Audi produz primeiro lote de gasolina sintética

A Audi confirmou a produção do primeiro lote de gasolina sintética, que não utiliza nenhuma gota de petróleo em sua composição. Batizado de E-benzin, o produto foi desenvolvido em parceria com o departamento Global de Bioenergias e não irá poluir o meio ambiente, diminuindo a emissão de dióxido de carbono.

Em tempos que precisamos pensar cada vez mais em alternativas sustentáveis, a tecnologia é um avanço para o futuro dos carros. O E-benzin não é feito com enxofre e benzeno, tornando-o um combustível limpo. Devido as altas porcentagens de octanas, a gasolina sintética tem uma excelente qualidade, permitindo que os motores utilizam altas taxas de compressão.

Reiner Mangold, chefe de produto e desenvolvimento sustentável da montadora, garante que o processo é um grande passo na estratégia de combustível. “A Audi já está produzindo quantidades maiores de E-gas (metano sintético) em escala industrial para os clientes e temos outros projetos de pesquisa como  o e-etanol, o e-diesel e o e-benzin”, afirmou.

A empresa alemã quer ir mais longe e pretende melhorar a gasolina sintética, eliminando toda a sua biomassa. Para isso, a marca está trabalhando para utilizar apenas água, hidrogênio, dióxido de carbono e luz solar em seu novo combustível.

Fonte->> Revista Auto Esporte

Related posts

NOVO FORD ECOSPORT CHEGA ÀS LOJAS BRASILEIRAS EM AGOSTO

NOVO FORD ECOSPORT CHEGA ÀS LOJAS BRASILEIRAS EM AGOSTO

  A Ford apresentou oficialmente, nesta quarta-feira (7), a reestilização do Ecosport na Argentina, às vésperas da abertura do Salão de Buenos Aires. Produzido em Camaçari, na Bahia, o SUV compacto chega às lojas brasileiras em agosto para tentar reconquistar as primeiras...

Fiat Argo: todas as versões e itens do novo hatch

O Fiat Argo 2018 será lançado oficialmente hoje à noite, porém Autoesporte já teve acesso antecipado ao material oficial de divulgação do carro e as fichas técnicas. O novo rival de Chevrolet Onix e Hyundai HB20 terá sete versões, três opções de motores e outras três de câmbio. Os preços...

Carros antigos são quatro vezes mais fatais em acidentes

  Na colisão entre um modelo atual e outro de 1998, qual causaria menos danos ao motorista? A resposta talvez seja óbvia – afinal, o “veterano” tem menos tecnologias –, mas o ANCAP, órgão que avalia a segurança dos carros vendidos na Austrália e na Nova Zelândia, bateu dois Toyota...

Leave a comment