Fiat Argo: todas as versões e itens do novo hatch

Fiat Argo (Foto: Fiat)

Fiat Argo (Foto: Fiat)

O Fiat Argo 2018 será lançado oficialmente hoje à noite, porém Autoesporte já teve acesso antecipado ao material oficial de divulgação do carro e as fichas técnicas. O novo rival de Chevrolet Onix e Hyundai HB20 terá sete versões, três opções de motores e outras três de câmbio. Os preços ainda não foram divulgados. Novas informações serão atualizadas nesta página na medida em que forem apuradas.

O Argo será vendido em sete opções diferentes: serão três opções de acabamento (Drive, Precision e HGT), três motores (1.0, 1.3 e 1.8) e três câmbios (manual de cinco velocidades, automatizado de cinco velocidades e automático de seis). Além disso, a empresa produzirá mil unidades de uma edição especial de lançamento, chamada de Opening Edition Mopar.

Versões e itens de série

Fiat Argo 1.0 Drive manual: direção elétrica progressiva, ar-condicionado, quadro de instrumentos com tela central, banco do motorista com ajuste de altura, cintos de segurança retráteis de três pontos para todos os ocupantes, sistema start/stop, Isofix, travas elétricas e vidros dianteiros com acionamento elétrico.

Fiat Argo 1.3 Drive manual: adiciona sistema de monitoramento da pressão dos pneus, central multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas com Apple CarPlay e Android Auto, volante multifuncional e porta USB adicional para o passageiro traseiro.

Fiat Argo 1.3 Drive automatizado: adiciona controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, modo de condução Sport, aletas para trocas de marchas atrás do volante, sistema Auto-Up Shift Abort para retomadas de velocidades, conjunto de iluminação interna, controle de velocidade de cruzeiro, apoio de braço para o motorista, vidros traseiros e retrovisores elétricos, sistema que ajusta os retrovisores automaticamente para facilitar manobras e repetidores de setas.

Fiat Argo 1.0 Drive avaliado por Autoesporte (Foto: Michelle Ferreira/Autoesporte)

Fiat Argo 1.0 Drive avaliado por Autoesporte (Foto: Michelle Ferreira/Autoesporte)

Fiat Argo 1.8 Precision manual: adiciona alarme, faróis de neblina, luzes de posição de LED, rodas de liga-leve de 15 polegadas e banco traseiro bipartido.

Fiat Argo 1.8 Precision automático: em relação à versão 1.8 Precision manual, acrescenta apenas aletas para trocas atrás do volante, controle de velocidade de cruzeiro, apoio de braço para o motorista, volante revestido de couro e pacote de iluminação interna.

Fiat Argo 1.8 HGT manual: adiciona tela colorida de 7 polegadas no quadro de instrumentos, detalhe vermelho na grade dianteira, spoilers no para-choque, moldura preta na parte inferior da lateral e nas caixas de roda, ponteira de escapamento cromada, rodas de liga-leve de 16 polegadas e calibração de suspensão mais esportiva, revestimento vermleho na parte central do painel.

Fiat Argo 1.8 HGT automático: em relação à versão 1.8 HGT manual, acrescenta aletas para trocas de marchas atrás do volante, apoio de braço para o motorista e controle de velocidade de cruzeiro.

Fiat Argo Opening Edition Mopar: baseado na versão topo de linha 1.8 HGT automático, acrescenta acessórios Mopar. Limitada em 1.000 unidades, será vendida sempre pintada de azul Portofino, teto e retrovisores pintados de preto, aerofólio preto na tampa traseira, rodas de alumínio de 16 polegadas escurecidas, protetor de soleira das portas, tapetes de borracha e carpete, kit de alto-falantes com 60 W e o identificação Mopar nas colunas traseiras. Os donos destas unidades terão as três primeiras revisões gratuitas.

Motor e câmbio

O Argo contará com três motores em sua linha, todos já conhecidos da Fiat. A começar pelo 1.0 Firefly flex de três cilindros que já equipa o Mobi e entrega 77 cv e 10,9 kgfm de torque com etanol. Nesta configuração, a empresa garante que o carro chega a 100 km/h em 13,4 segundos e tem velocidade máxima de 162 km/h. Na cidade, promete médias de consumo de 9,9 km/l com etanol e 14,2 km/l com gasolina; na estrada, chega a 10,7 km/l com etanol e 15,1 km/l com gasolina.

Fiat Argo 1.0 Drive avaliado por Autoesporte (Foto: Michelle Ferreira/Autoesporte)

Fiat Argo 1.0 Drive avaliado por Autoesporte (Foto: Michelle Ferreira/Autoesporte)

A segunda opção será o 1.3 Firefly flex de quatro cilindros, que tem potência de 109 cv e torque de 14,2 kgfm. Com ela, o Argo chega a 100 km/h em 10,8 segundos e tem máxima de 184 km/h. Já o consumo urbano é de 9,2 km/l com etanol e 12,9 km/l com gasolina; na estrada, sobe para 10,2 km/l com etanol e 14,3 km/l com gasolina. Com câmbio automatizado, as médias passam para 8,9 km/l com etanol e 12,7 km/l com gasolina no ciclo urbano e 10 km/l com etanol e 14,4 km/l com gasolina no rodoviário.

Já o motor 1.8 E.torQ Evo VIS de 139 cv a 5.750 rpm e de 19,3 kgfm a 3.750 rpm será reservado para as opções topo de linha, especialmente a esportiva HGT. Segundo a marca, esta última chega aos 192 km/h de velocidade máxima e alcança os 100 km/h em 9,2 segundos. O consumo urbano é de 8 km/l com etanol e 11,5 km/l com gasolina, enquanto o ciclo rodoviário tem médias de 9,6 km/l com etanol e 13,8 km/l com gasolina. Com câmbio automático, a velocidade máxima cai para 191 km/h e o 0 a 100 km/h cai para 10,4 segundos. Já as médias de consumo urbana são de 7,1 km/l com etanol e 10,1 km/l com gasolina, enquanto em ciclo rodoviário é de 9,5 km/l com etanol e 13,2 km/l com gasolina.

As opções de transmissão também apostará na versatilidade: manual de cinco marchas, automatizada GSR Comfort de cinco marchas com trocas por botões e automática de seis velocidades. Esta última chega para tirar a má impressão do público com a tecnologia Dualogic adotada nos hatches da marca até então. Entre suas novas características está a Neutral Function, que desacopla o motor da transmissão em paradas rápidas de trânsito.

Nenhuma das motorizações do Argo terá o tanquinho, que foi deixado em favor de um sistema que pré-aquece o combustível automaticamente quando a temperatura externa está abaixo dos 16 ºC.

Fiat Argo 1.0 Drive avaliado por Autoesporte (Foto: Michelle Ferreira/Autoesporte)

Fiat Argo 1.0 Drive avaliado por Autoesporte (Foto: Michelle Ferreira/Autoesporte)

Telinha

A Fiat finalmente aposta pra valer em um sistema multimídia para seus carros. O Argo terá telinha de 7 polegadas sensível ao toque posicionada ao centro e ao topo do painel. Há a possibilidade de fazer o download de aplicativos complementares. Uma das falhas do equipamento é a falta de um sistema GPS nativo – o motorista precisa fazer o download de um app específico para navegação caso deseje. O sistema é compatível com Apple CarPlay e Android Auto e os comandos também podem ser feitos pelo volante multifuncional ou por voz.

O sistema multimídia trabalha em conjunto com uma tela de TFT localizada no painel de instrumentos. Nas versões de entrada do modelo, ela tem 3,5 polegadas, já nas versões topo de linha Precision 1.8 e HGT 1.8, ela tem 7 polegadas. Ela exibe, entre outras, informações do computador de bordo, que é de série em todas as versões.

Opcionais

O Argo poderá ter outras boas tecnologias, porém elas serão vendidas como opcionais. É o caso da abertura de portas e acionamento do botão sem chave. Basta estar com a chave presencial no bolso. Haverá, ainda, ar-condicionado automático e digital, retrovisores externos rebatíveis e luz de cortesia. Outro opcional será o retrovisor eletrocrômico, que será oferecido em um kit com acendimento automático e sensor de chuva.

Fiat Argo 1.8 HGT (Foto: Fiat)

Fiat Argo 1.8 HGT (Foto: Fiat)

 

Tamanho

O Argo 1.0 Drive tem 3,99 m de comprimento, 1,72 m de largura, 1,50 m de altura e 2,52 m de distância entre-eixos. A altura mínima do solo é de 15,5 cm. Isso faz dele maior que o HB20 (3,92 m de comprimento, 1,68 m de largura, 1,47 m de altura e 2,50 m de entre-eixos) e que o Onix (3,93 m de comprimento, 1,70 m de largura, 1,47 m de altura e 2,52 m de entre-eixos). Já a altura mínima do solo do HB20 é de 16,5 cm, enquanto a do Onix é de 12 cm.

Já a versão HGT, conta com alguns elementos no visual que ampliam seu comprimento para exatos 4 metros e a largura para 1,75 m. Apesar de ser a versão com visual mais esportivo, a altura mínima do solo é maior, de 15,7 cm.

Porta-malas

O porta-malas terá espaço para transportar até 300 litros de carga e, segundo a Fiat, não será invadido pelas caixas de rodas. O espaço total pode ser ampliado com o rebatimento dos bancos traseiros. A título de comparação, os rivais Chevrolet Onix e Hyundai HB20 têm 280 litros e 300 litros, respectivamente.

Fiat Argo (Foto: Fiat)

Fiat Argo (Foto: Fiat)

Segurança

Segundo a Fiat, o Argo tem aços de alta resistência “em quase toda a carroceria”, para aumentar a segurança dos passageiros em caso de acidente. Mas, a empresa não informou como estima que será o desempenho do carro em crash tests, como os feitos pelo Latin NCAp. A montadora apenas detalha que, em comparação com o Punto, o Argo ganhou aumento de 7% na rigidez torcional e de 8% na rigidez flexional.

Acessórios Mopar

O Argo poderá ser customizado com outros acessórios produzidos pela divisão Mopar. No entanto, a Fiat ainda não oficializou o preço destes itens. Haverá, por exemplo, uma tela multimídia opcional de 9 polegadas, rodas de alumínio de 16 polegadas escurecidas, revestimento preto fosco para o teto do carro, kit de alto-falantes de alta performance, pacote de iluminação interna, engate para reboque, alarme e sensor de estacionamento. No total, a empresa promete oferecer 53 acessórios para o carro.

Garantia e revisões

O modelo será vendido com três anos de garantia de fábrica e sem limite de quilometragem. Os consumidores que preferirem poderão adquirir garantia estendida por mais um ou dois anos. As revisões terão preços fixos (ainda não divulgados) e poderão ser adquiridas no momento da compra do carro, da mesma forma como foi feito com Mobi e Toro.

 

Related posts

Inspeção Veicular será obrigatória em 2019

Inspeção Veicular será obrigatória em 2019

  Contran regulamenta programa nacional de inspeção que deverá verificar as condições de segurança e de emissão de poluentes dos veículos em circulação O Conselho Nacional de Trânsito do Ministério das Cidades (Contran) regulamentou o Programa de Inspeção Técnica Veicular (ITV), que...

13 COISAS QUE DANIFICAM A PINTURA DO CARRO

13 COISAS QUE DANIFICAM A PINTURA DO CARRO

Confira as principais situações que devem ser evitadas para não haver gastos com a tinta da lataria. Não é novidade que, na hora de vender o carro, uma das coisas que o valoriza (ou não) é o estado em que a pintura se encontra. Muitos fatores podem contribuir para o seu estrago, por isso...

PEUGEOT CONFIRMA 5008 PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2018

PEUGEOT CONFIRMA 5008 PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2018

O crossover médio-grande terá o mesmo 1.6 THP de 165 cv do menor 3008 e opção de sete lugares A Peugeot confirmou oficialmente a chegada do 5008 para o primeiro semestre de 2018. O crossover médio-grande utilizará o mesmo powertrain do menor 3008, ou seja, virá com o motor...

Leave a comment