Honda Fit 2018 custa de R$ 58.700 a R$ 80.900 com novo visual e equipamentos

Honda Fit 2018 (Foto: Reprodução)

Honda Fit 2018 (Foto: Reprodução)

Para chegar à linha 2018, o Honda Fit ganhou uma sutil reestilização e novos itens de série em suas versões, conforme Autoesporte havia antecipado. A partir de agora, o carro será produzido em cinco versões, sendo apenas uma delas com câmbio manual. Os preços variam de R$ 58.700 a R$ 80.900 e as vendas começam ainda este mês.

Além de as novidades no visual serem discretas, a principal novidade do Fit 2018 é que, finalmente, ele passa a contar com controle eletrônico de tração e estabilidade de série em todas as versões. Também será item básico o assistente de partida em rampa e faróis de neblina. Os dois primeiros são importantes recursos de segurança que já estavam presentes em carros com preços inferiores, mas a Honda ainda não incluía esses itens nos pacotes do Fit.

Honda lança Fit 2018 com ar-condicionado digital na versão mais cara (Foto: Reprodução)

Honda lança Fit 2018 com ar-condicionado digital na versão mais cara (Foto: Reprodução)

Quanto aos itens de conforto e entretenimento, as principais novidades são oferecidas só para as versões mais caras (EX e EXL). Isso porque a EX ganhou como itens de série quatro airbags, um novo ar-condicionado digital e aletas para trocas de marchas atrás do volante. Esta é a primeira vez que a montadora oferece airbags laterais em um Fit com bancos de tecido.

Já a mais cara EXL enfim recebeu tela multimídia sensível ao toque mais moderna do que a oferecida até então. Outra novidade no pacote de equipamentos do Fit topo de linha são os faróis de LED, retrovisores externos eletricamente rebatíveis e bancos de couro.

O conjunto mecânico do Fit segue inalterado. O motor é sempre um 1.5 flex de 116 cv com nota A na classificação do Inmetro. O câmbio da versão de entrada é manual de cinco velocidades, enquanto as outras três variantes são produzidas com transmissão CVT.

O que muda no visual?

Nesta reestilização, a Honda optou por fazer poucas mudanças no visual do carro. Curiosamente, as mudanças do Fit 2018 aproximaram o visual do carro ao do CR-V, apesar de a montadora ter recentemente lançado o WR-V. O modelo, que deriva do Fit, é a tentativa da empresa de investir em uma alternativa no segmento de SUVs compactos.

As principais novidades se concentram na dianteira, onde o carro ganhou nova grade e novos faróis. Além disso, os para-choques dianteiro e traseiro estão maiores, o que contribuiu em um aumento de 9,8 cm no comprimento total do carro. Só o para-choque traseiro cresceu 8 cm.

Na traseira, a principal novidade é que as lanternas são de LED em todas as versões. A partir de agora, a parte superior da lanterna, que antes era apenas um enfeite no visual do carro, passa a ser funcional. Ou seja, também há LEDs nessas peças, que contornam a tampa do porta-malas.

Versões, preços e itens de série

Honda Fit DX manual – R$ 58.700: controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, ar-condicionado manual, ajuste de altura do banco do motorista, rádio com dois alto-falantes, vidros elétricos com acionamento automático apenas do vidro do motorista e rodas de liga-leve de 15 polegadas. A transmissão é sempre manual de cinco velocidades.

Honda Fit Personal – R$ 68.700: adiciona repetidores de seta nos retrovisores e sistema de rebatimento dos bancos.

Honda Fit LX CVT – R$ 70.100: adiciona câmbio CVT, faróis de neblina e controles de áudio no volante. As rodas também são de liga-leve de 15 polegadas, porém contam com desenho específico da versão.

Honda Fit EX CVT – R$ 75.600: adiciona dois airbags laterais, ar-condicionado digital e sensível ao toque, aletas atrás do volante que simulam sete marchas, luzes diurnas de LED, câmera de ré com 3 tipos de visão, apoio de braço dianteiro com revestimento e porta-objetos, acionamento automático de todos os vidros. As rodas de liga-leve têm 16 polegadas e são pintadas em nova cor.

Honda Fit  EXL CVT –  R$ 80.900: adiciona nova tela multimídia sensível ao toque de 7 polegadas com GPS, Android Auto e Apple CarPlay. Há, ainda, faróis de LED, retrovisores externos eletricamente rebatíveis, bancos de couro, airbags de cortina e tweeters no sistema de som.

Related posts

Prisma Advantage é o sedã automático mais barato da Chevrolet

Prisma Advantage é o sedã automático mais barato da Chevrolet

  O Prisma Advantage está de volta. A série lançada em 2015 com motor 1.0 retorna agora como opção mais acessível com motor 1.4 de 106 cv e câmbio automático de seis marchas. Custa R$ 58.690. A estratégia é a mesma do Onix Advantage, lançado na última semana. É uma opção mais em...

Por que alguns carros só ligam com a embreagem pressionada?

Por que alguns carros só ligam com a embreagem pressionada?

Exigência de alguns carros não tem a ver com durabilidade do motor de partida© Honda Exigência de alguns carros não tem a ver com durabilidade do motor de partida. Em alguns carros não basta girar a chave para acordar o motor. O motorista precisa apertar a embreagem para então acionar a...

OFICINA: COMO AS MONTADORAS MEDEM A POTÊNCIA E O TORQUE DE UM MOTOR?

OFICINA: COMO AS MONTADORAS MEDEM A POTÊNCIA E O TORQUE DE UM MOTOR?

Existem duas formas de medir essas energias, descubra qual delas é a mais utilizada pelas fabricantes É comum na indústria automobilística enfatizar o quanto de potência (cv) e torque (kgfm)  um carro tem.  Os famosos “cavalos” e kgfm  dizem muito sobre o veículo. Um modelo com um bom...

Leave a comment