Hyundai HB20X 2016 ganha direção elétrica e tem preço inicial de R$ 55.395

O “aventureiro” Hyundai HB20X chegou à linha 2016 e, assim como o irmão HB20, ganhou novo visual. Mas a reestilização traz detalhes exclusivos que tentam deixá-la bem diferente da versão padrão do carro. Mas o destaque não é visual e sim a nova direção elétrica, exclusividade para a linha HB20X. Outra importante novidade é que os câmbios manual e automático são sempre de seis marchas, para reduzir o consumo de combustível.

As novidades, porém, encareceram o carro entre R$ 2.300 e R$ 2.940 em cada versão. A partir de agora, as lojas cobram R$ 55.395 pelo modelo de entrada (Style manual), R$ 59.395 pelo intermediário (Style automático) e R$ 62.395 pelo topo de linha (Premium automático). Se o consumidor optar por incluir bancos de couro e central multimídia (vendidos separadamente como opcionais exclusivos da versão Premium), o preço chega a salgados R$ 66.485. As vendas começam no dia 14 de novembro.

Mais econômico

A motorização continua a mesma vendida até agora: sempre um 1.6 de 128 cv a 6 mil rpm e 16,5 kgfm a 5 mil rpm, com etanol. Mecanicamente, a principal mudança fica por conta das transmissões manual e automática, que sempre têm seis velocidades. Em comparação aos câmbios manual de cinco e automático de quatro marchas vendidos anteriormente, os novos prometem reduzir o consumo de combustível do carro. Autoesporte ainda não teve oportunidade de fazer esta medição, mas a Hyundai afirma que o HB20X com o novo câmbio manual faz 8,3 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada, enquanto com câmbio automático faz 7,1 km/l e 8,7 km/l, respectivamente e sempre abastecido com etanol.

Fotos: Hyundai HB20X 2016

 

As novas caixas de transmissão, aliadas a alterações técnicas nas velas de ignição, pistões, anéis de vedação, alternador e nos novos defletores e pneus verdes, contribuíram com melhorias, inclusive, na classificação do carro pelo Inmetro. O HB20X manual passou da nota B para a nota A no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, que avalia o nível de emissões de poluentes de cada veículo. Mas, a alteração mais sensível foi no motor com câmbio automático, que saltou da nada satisfatória nota D para a A. Na prática, as duas versões, agora, figuram entre os carros com menores taxas de emissões no país.

Uma das explicações oficiais da Hyundai para a direção elétrica ser exclusividade da versão aventureira é que a maioria das unidades vendidas dela é equipada com câmbio automático. Assim, a direção elétrica contribuiria com a redução no consumo de combustível, que costuma ser pior nessa configuração. A marca também explica que o HB20X é mais caro do que o HB20, então o custo da nova peça seria melhor absorvido. Por fim, explicam que “a porcentagem de clientes mulheres é maior no HB20X, cerca de 50% do total, sendo um público que valoriza mais esse tipo de conforto”.

Versões e preço

O HB20X segue sendo vendido em duas versões – Style e Premium -, sendo que só a de entrada tem opção de câmbio manual e automático. A topo é sempre equipada com a transmissão automática. Confira os itens de série, opcionais e preços de cada configuração:

HB20X Style manual (R$ 55.395, encarecimento de R$ 2.300): Direção elétrica, ar-condicionado, quatro vidros elétricos, retrovisores elétricos com repetidores de setas, computador de bordo, volante com regulagem de altura e profundidade, banco do motorista com ajuste de altura e banco traseiro rebatível. O sistema de som batizado de blueAudio conta com rádio, MP3, entradas USB e auxiliar, Bluetooth e comandos no volante. Há, ainda, faróis de neblina, maçanetas e retrovisores na cor da carroceria, barras de teto, limpador e desembaçador do vidro traseiro, chave canivete e pedais com acabamento em alumínio. O pacote de itens de segurança tem alarme, travamento automático das portas e fixação Isofix. As rodas são de liga-leve de 16 polegadas.

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

HB20X Style automático (R$ 59.395, encarecimento de R$ 2.940): Adiciona transmissão automática de seis velocidades e apoio de braço no banco do motorista.

HB20X Premium automático (R$ 62.395, encarecimento de R$ 2.440): Adiciona ar-condicionado automático digital, retrovisores externos com rebatimento elétrico, sensor de ré e crepuscular, volante e câmbio revestidos de couro, banco traseiro bipartido, iluminação no porta-luvas, faróis com projetores e luzes de LED e maçanetas e frisos cromados nas laterais. O pacote de segurança ganha airbags laterais e alarme volumétrico com sensor de inclinação.

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

Opcionais da versão Premium

Sistema multimídia blueMedia (R$ 2.500): adiciona tela sensível ao toque de 7 polegadas, Bluetooth, e sistemas CarPlay (conectividade com iPhones 5 e superiores a partir de janeiro de 2016) e Car Link (conexão com smartphones Samsung e LG).

Bancos de couro marrom: R$ 1.590

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

Tecnologias

O HB20X ficou mais conectado, mas apenas na versão topo de linha. Isso porque a configuração Premium passa a contar com sistema multimídia mais avançado, com novas opções de conectividade. Os passageiros que têm celular iPhone poderão conectar o aparelho à tela usando a tecnologia CarPlay. Desenvolvida especificamente pela Apple, a novidade limita o uso da tela para algumas funções do celular, visando diminuir a distração do motorista. Por outro lado, fica mais fácil localizar contatos, receber e enviar mensagens e ouvir músicas, podcasts e livros digitais. A novidade, porém, só estará homologada pela Apple a liberada para os consumidores em janeiro do ano que vem. Quem comprar o HB20X antes disso, poderá contar com o sistema depois de fazer uma atualização no sistema em 2016.

Espelhamento de tela de smartphone Android na multimídia do Hyundai HB20X 2016 (Foto: Divulgação)

Pena que quem usa smartphones Android não contará com o sistema Android Auto, semelhante ao da Apple, mas feito pelo rival Google. A Hyundai oferece um sistema batizado de Car Link, que permite espelhar a tela do seu celular na multimídia do carro. Mas, o sistema tem alguns poréns. Enquanto está espelhado, o celular tem que ficar com a tela sempre ligada, consumindo bateria. Além disso, o sistema pode não ser instalado corretamente em alguns celulares, dificultando o uso. Por outro lado, é possível usar o aplicativo Waze direto no carro.

Já o computador de bordo de todas as versões foi atualizado e ganhou uma nova função. Ela monitora o tempo de uso do carro e os quilômetros rodados para alertar quando a próxima manutenção tem que ser feita.

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

Cores

A Hyundai produz o hatch “aventureiro” em seis opções de cores, sendo que a verde Forest metalizada é exclusiva desta versão. A branca sólida e a prata Sand metálica não encarecem o valor do carro, enquanto as outras metálicas (bronze Terra e prata Metal) e as perolizadas (verde Forest e azul Sky) custam R$ 1.100.

Rivais

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

 

Fonte->> Revista Auto Esporte

Related posts

Teste: Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex AT 4×4

Teste: Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex AT 4x4


Teste: Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex AT 4x4

 O “cardápio de versões” pra lá de variado da Chevrolet S10 acaba de receber uma nova combinação: motorização flex e câmbio automático. A inspiração veio da rival Toyota Hilux, que – talvez não por acaso – conquistou a liderança no segmento de picapes médias. E agora?...

Câmara municipal de SP aprova projeto de lei que fiscaliza uso do GNV

Câmara municipal de SP aprova projeto de lei que fiscaliza uso do GNV


Câmara municipal de SP aprova projeto de lei que fiscaliza uso do GNV

 A Câmara Municipal de São Paulo aprovou ontem (19) o Projeto de Lei 538 de 2013 que impõe novas regras para a fiscalização e abastecimento de veículos que utilizam o kit gás. O texto, dos vereadores Alessandro Guedes (PT) e Salomão Pereira (PSDB), foi aprovado após a...

Qualquer pessoa pode ter um Corolla por R$ 69.690! Mas…

Qualquer pessoa pode ter um Corolla por R$ 69.690! Mas...


Qualquer pessoa pode ter um Corolla por R$ 69.690! Mas...

O site da Toyota não exibe, mas a tabela do Corolla possui duas configurações com motor 1.8 e preços abaixo de R$ 70 mil: GLi com câmbio manual de seis marchas (R$ 69.690) e GLi CVT (R$ 69.990). Engana-se, porém, quem pensa que elas sejam restritas ao público PcD (Pessoas com...

Leave a comment