PEUGEOT CONFIRMA 5008 PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2018

O crossover médio-grande terá o mesmo 1.6 THP de 165 cv do menor 3008 e opção de sete lugares

Estilo é bem parecido com o do 3008 até as portas dianteiras (Foto: Divulgação)

ESTILO É BEM PARECIDO COM O DO 3008 ATÉ AS PORTAS DIANTEIRAS (FOTO: DIVULGAÇÃO)

A Peugeot confirmou oficialmente a chegada do 5008 para o primeiro semestre de 2018. O crossover médio-grande utilizará o mesmo powertrain do menor 3008, ou seja, virá com o motor 1.6 THP de 165 cv, câmbio automático de seis marchas e tração dianteira. A grande diferença dele em relação ao médio 3008 é a possibilidade de levar sete pessoas graças à fileira adicional de assentos no porta-malas.

Ainda não temos uma previsão de preços, mas o 3008 já chegou aos R$ 142.990, contra os R$ 139.990 da época do lançamento, quando um primeiro lote foi comercializado a R$ 135.990. A diferença de preço entre o 3008 e o 5008 na França é mínima, o crossover médio parte de 25.900 euros e o médio-grande começa em 26.700 euros, cerca de R$ 3 mil de distância (em valores convertidos), ambos equipados com o 1.2 turbo de 130 cv – o 1.6 THP não está disponível por lá. Se o posicionamento continuar próximo no Brasil, podemos esperar por algo como R$ 149.990.

A traseira tem estilo próprio e teto com queda bem mais suave (Foto: Divulgação)

A TRASEIRA TEM ESTILO PRÓPRIO E TETO COM QUEDA BEM MAIS SUAVE (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Esperamos também que o 5008 traga itens dispensados no 3008, exemplos dos park assist, capaz de estacionar o carro, câmera 360 graus (é 180 graus), alerta de distância do veículo à frente e sensores de ponto-cego.

O estilo é bem parecido com o do menor 3008, as linhas mudam mesmo das portas dianteiras para trás. O caimento do teto é mais conservador para dar espaço aos passageiros da última fileira. Até a base é basicamente a mesma, o 5008 utiliza a mesma plataforma modular média do grupo Peugeot-Citroën, batizada de EMP2. 

O painel também é virtualmente o mesmo i-Cockpit 2.0 encontrado no 3008 (Foto: Divulgação)

O PAINEL TAMBÉM É VIRTUALMENTE O MESMO I-COCKPIT 2.0 ENCONTRADO NO 3008 (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Só que a plataforma foi bem esticada. São cerca de 20 cm a mais de comprimento que o 3008, 4,64 metros contra 4,44 m. O entre-eixos de 2,84 m representa 17 centímetros a mais. O porta-malas oferece espaço para 780 litros com os assentos de trás rebatidos, face os 521 l do primo menor.

O 5008 ficou mais leve, mas como será o desempenho?

A nova geração do 5008 mudou completamente de estilo. Tal como o 3008, abandonou qualquer traço de minivan no seu DNA para apostar em um jeito SUV de ser. A nova base é bem mais leve que a antiga PF2 usada pelo 5008 e Citroën Picasso de primeira geração, são 95 kg a menos.

A grande vantagem na faixa de preço será a possibilidade de levar dois passageiros extras atrás (Foto: Divulgação)

A GRANDE VANTAGEM NA FAIXA DE PREÇO SERÁ A POSSIBILIDADE DE LEVAR DOIS PASSAGEIROS EXTRAS ATRÁS (FOTO: DIVULGAÇÃO)

A diferença de peso em relação ao 3008 não será inferior ao equivalente a um passageiro adulto (pouco mais de 60 kg) e o carro totalmente carregado deve exigir mais do 1.6 THP. No exterior, a Peugeot anuncia oficialmente aceleração de zero a 100 km/h em 9,2 s, 0,3 s apenas a mais que o anunciado para o primo médio. A velocidade máxima de 206 km/h equivale em ambos. O peso superior a 1.600 kg talvez não atrapalhe tanto graças ao torque entregue aos 1.400 giros.

Fonte: Revista Auto Esporte

Related posts

Inspeção Veicular será obrigatória em 2019

Inspeção Veicular será obrigatória em 2019

  Contran regulamenta programa nacional de inspeção que deverá verificar as condições de segurança e de emissão de poluentes dos veículos em circulação O Conselho Nacional de Trânsito do Ministério das Cidades (Contran) regulamentou o Programa de Inspeção Técnica Veicular (ITV), que...

13 COISAS QUE DANIFICAM A PINTURA DO CARRO

13 COISAS QUE DANIFICAM A PINTURA DO CARRO

Confira as principais situações que devem ser evitadas para não haver gastos com a tinta da lataria. Não é novidade que, na hora de vender o carro, uma das coisas que o valoriza (ou não) é o estado em que a pintura se encontra. Muitos fatores podem contribuir para o seu estrago, por isso...

Oficina: Posso dar tranco pra ligar o carro?

Oficina: Posso dar tranco pra ligar o carro?

Saiba se é aconselhável empurrar um carro para fazê-lo dar a partida no tranco A cena é clássica. O carro "morre" e não quer mais ligar. Os ocupantes descem e começam a empurrá-lo até que um grita: “joga segunda”, “vai!”, “agora!”. A prática era comum no passado, mas hoje essa história mudou...

Leave a comment