Qualquer pessoa pode ter um Corolla por R$ 69.690! Mas…

Toyota Corolla GLi (Foto: Divulgação)

Toyota Corolla GLi (Foto: Divulgação)

O site da Toyota não exibe, mas a tabela do Corolla possui duas configurações com motor 1.8 e preços abaixo de R$ 70 mil: GLi com câmbio manual de seis marchas (R$ 69.690) e GLi CVT (R$ 69.990). Engana-se, porém, quem pensa que elas sejam restritas ao público PcD (Pessoas com Deficiência). De acordo com a assessoria de imprensa do fabricante, qualquer um pode comprá-las. Só é preciso ter paciência para um “chá de cadeira”.

De fato, a prioridade dessas versões é para os consumidores com necessidades especiais. Por tal razão, quem for a uma concessionária e manifestar interesse por elas entrará numa fila de espera, que costuma variar de seis a oito meses.

“As versões GLi também estão disponíveis no portfólio da família Corolla. No entanto, a produção continuará atendendo praticamente o público PcD. Por este motivo, a Toyota decidiu concentrar todo o canal de informação e processo de vendas dessas configurações prioritariamente em sua rede de distribuidores, tendo sempre em vista oferecer um atendimento personalizado, primando pela satisfação dos clientes da marca”, afirmou a assessoria em nota.

A longa espera é recompensada com um enorme desconto, afinal, o preço da versão GLi Upper CVT disponível à pronta entrega é de R$ 90.990. Na ponta do lápis, são R$ 21 mil a menos em relação à GLi equivalente.

“Tiozão pelado”

É preciso ressaltar que o Corolla GLi abaixo de R$ 70 mil tem um pacote de equipamentos mais enxuto que o de R$ 91 mil. As rodas de 16 polegadas, por exemplo, são de aço e trazem calotas. O volante não é multifuncional, faltam entradas USB e auxiliar, sistema de som, banco traseiro bipartido, computador de bordo, indicador de direção econômica no quadro de instrumentos, além de descansa-braços central no espaço de trás e porta copos. O acabamento do volante e da manopla do câmbio não é de couro, assim como o do painel. Em outras palavras, são configurações “peladonas”, mas que pelo menos (como toda a linha 2018) trazem sete airbags e os controles de tração e estabilidade.

Fonte->> Revista Auto Esporte

Related posts

Teste: Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex AT 4×4

Teste: Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex AT 4x4


Teste: Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex AT 4x4

 O “cardápio de versões” pra lá de variado da Chevrolet S10 acaba de receber uma nova combinação: motorização flex e câmbio automático. A inspiração veio da rival Toyota Hilux, que – talvez não por acaso – conquistou a liderança no segmento de picapes médias. E agora?...

Câmara municipal de SP aprova projeto de lei que fiscaliza uso do GNV

Câmara municipal de SP aprova projeto de lei que fiscaliza uso do GNV


Câmara municipal de SP aprova projeto de lei que fiscaliza uso do GNV

 A Câmara Municipal de São Paulo aprovou ontem (19) o Projeto de Lei 538 de 2013 que impõe novas regras para a fiscalização e abastecimento de veículos que utilizam o kit gás. O texto, dos vereadores Alessandro Guedes (PT) e Salomão Pereira (PSDB), foi aprovado após a...

Novo Toyota RAV4 reestilizado já é vendido por R$ 159 mil

Novo Toyota RAV4 reestilizado já é vendido por R$ 159 mil


Novo Toyota RAV4 reestilizado já é vendido por R$ 159 mil

O lançamento oficial do Toyota RAV4 reestilizado no Brasil está previsto apenas para abril, porém o modelo já pode ser comprado em diversas lojas da montadora por R$ 159 mil. A situação é igual à do Corolla, conforme antecipamos na semana passada: a montadora prevê uma data de...

Leave a comment